humm ... #1

"Igreja quer feriado ou tolerância de ponto durante a visita do Papa 
A Igreja Católica quer que o Governo decrete tolerância de ponto, ou feriado, durante a visita de Bento XVI a Fátima, marcada para Maio. O porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa, Dom Manuel Morujão afirma que deste modo os católicos podiam estar presentes na recepção ao Papa, que vem a Portugal em dias de semana." @ RTP

Estou a tentar arranjar uma ponta de nexo nesta notícia...esperem mais um bocadinho...hummm...pois... hummm... Ok, desisto.

Quem é esta gente para falar de 'tolerância' do que quer que seja?




Eu acho que se Deus visse isto, passava-se.

11 comentários:

Del Giorgio disse...

Já sabes que nem vou comentar porque ao fazê-lo, o comentário ficaria maior que o próprio blog em si... Mas pronto, venha o feriado que assim é +1 dia que não trabalhas.
Mas quanto a essa gente toda... cambada de fdp's!

M. disse...

Por acaso um feriado a mais não era mau... Mas sim, também acho que se Deus visse isto se passava! Ou ficava como o Papa João Paulo II na foto...

continuando assim... disse...

convite para a seguir a história de Alice
lá no ...continuando assim...


bj
Teresa

...uma nota... disse...

Realmente não tem muito fundamento, não!

Kiss

Rosa Cueca disse...

eu gosto de jesus pelos feridos.

Susyanne Alves disse...

Contraditório. No mínimo.

bj

Pedra do Sertão disse...

Vivemos as contradições do milênio: muita gente querendo para si e poucos compartilhando...e onde fica o pluralismo? e os diferentes? ai...ai...ai não dá para comentar! abraço

Branca de Neve disse...

É coisa que também me faz espécie! No entanto, duvido muito que as pessoas se fossem queixar de mais um dia de folga que serviria, como é óbvio, para irem dar um passeio ao centro comercial mais perto.
Bj

Madame Frufru disse...

Hehehe.

A crise na fé já chega a esse extremo?
Dar feriado à malta para rumar a Leiria? Ta tudo doido. Eu cá ia para Sul em Maio então...

Cambada de cínicos egocêntricos.

Nuno disse...

Bem, que blog! 5*, mesmo. O título atraiu-me logo desde o início, "A mesa de café: Quero uma caneta, um bloco e um café, por favor...". Eu tenho momentos em que sou assim. E gosto de quando assim, quando me olho de fora, quando penso em tudo, e penso através da escrita. E por vezes escrevo coisas nas quais nunca tinha pensado bem, mas com as quais concordo absolutamente.

Depois são pontos de vista semelhantes aos meus, pelo que eu entendi pelos poucos posts que li. Mais ainda a descrição do blog e deixar a torrada do meio para o fim. Tanta coisa.

Bom blogue, mesmo!

Ana, Dona do Café disse...

(vou dar uma de egocêntrica e dizer: ò Nuno, obrigadaaaaaaaaaaaa :D, volta sempre,
A*)