Roupa? Minha...só minha!

Nunca percebi muito bem aquela mania de pedir roupa emprestada a alguém. Com isto não digo que não goste de roupa de amigas minhas (esfolem-me aqui!), porque não é esse o caso... mas, é delas, ficas-lhe bem porque é delas.
Aliás, até posso achar uma peça qualquer muito gira mas, não consigo usar! Não é que não gabe ou fique 'invejosa' de uma coisinha qualquer mas...não é meu, não uso!
As minhas irmãs, com diferença de dez anos de mim, estão numa fase 'adorável' de me conseguirem surripiar desde casacos de malha, a t-shirts, cachecóis, brincos... - ao menos - e pela primeira vez! - o meu rabo enorme tem um bónus: faz com quem não me possam pedir emprestadas as calças! (mesmo assim, era escusado...)
Será por nunca ter tido uma irmã mais velha a quem pudesse eu roubar coisinhas?
Será por ser esquisita e demorar anos a escolher qualquer coisa?
É que, nem quando me encontrei, à beira do abismo, sem roupa decente para vestir para ir tomar um mero café e a RosaCueca me abriu o seu armário de par em par, fui capaz de usar um top que fosse!
Scusa, indiscutivelmente, é paranóia minha, só pode...

10 comentários:

Rosa Cueca disse...

Eu cá cheguei a roubar-te tops para irmos sair.
E chegámos a usar a mesma t-shirt no pior-café-de-sempre.

Quanto ao resto, queres dizer que a minha roupa é foleira É ANA, É?

:D Eu entendo.

nCoisas disse...

Deixa lá estou como tu ... não sou muito de usar roupa alheia!

bluewater68 disse...

:) Como filho único, estou a tentar imaginar quando duas irmãs andarem à bulha lá por casa, 'só' porque uma [roubou] usou uma peça de roupa sem preencher o Mod. REQ562/98, que autoriza o empréstimo de roupa.

Ana, Dona do Café disse...

bluewater63, sabes o que é virar o armário do avesso e não encontrar aquele casaco, ir ao estendal e não estar lá e não ver a peça há duas semanas..e descobrir que uma delas "esqueceu-se" de a voltar a pôr lá e "curiosamente" até está a usá-la? Pois, é lindo..
Mas já que mencionas o Mod. REQ562/98, vou propor a adopção desse esquema para seguir as pegadas das ladras :D!

Del Giorgio disse...

Ultimamente tens tido aqui temas que ultrapassam completamente os meus conhecimentos.

continuando assim... disse...

Convite
O livro "Continuando assim...", foi maltratado...

Resolvi por isso, e porque tanta gente não encontra o livro onde deveria estar (nas livrarias), recontar a história
Lá no …. Continuando assim…

Vamos em metade da história, o livro reescrito, não está igual (nem poderia!) ao que foi editado.
Obrigada a todos os que vão seguindo ( pois só assim vale a pena).
Um obrigada especial a quem ainda não conhece e chega de novo

Mais uma reflexão em relação a todo este assunto, e um conselho, se é que me é permitido:

--- quando vos pedirem dinheiro para editar as vossas palavras, simplesmente digam que não ---
BJ
Teresa

Mariana: Barbie is a bitch darling disse...

eu tb nc pedi roupa emprestada,faz-me um bocado de confusao isso

bj

A Herdeira dos Gameiro disse...

Por acaso não tenho esse problema.
Até pedi a uma amiga que está em França que me trouxesse uma t-shirt dela, para andar com ela vestida e mostrar a nossa amizade ao mundo (que fofinho)
Beijos

Branca de Neve disse...

Roupa emprestada só da minha irmã, mas claro que há algumas guerras por causa disso.

Crown of Love disse...

No meu tempo do liceu cheguei a emprestar muita roupa minha a uma amiga, até achavamos uma certa graça a isso,mas agora não o fazia...lembro-me de um top que adorava e que nunca mais me chegou às mãos,foi nessa altura que acabei com a brincadeira, eu tinha as minhas coisas e ela as dela.
Hoje não me passa pela cabeça pedir roupa emprestada a ninguém, é minhe e só minha e de mais ninguém :)

Kiss Kiss