Maitê, cospe aqui a ver se eu deixo



Caso para dizer, Maitê, só estás bem na Playboy, caladinha, submissa e porcalhotinha..., segundo a Deia 'Era morrer jovem....e mesmo assim já era tarde'. Mas até nisso a Marge Simpson te bate aos pontos (e sim, a capa é verdadeira, foi a comemoração do aniversário da revista), sabiam?


19 comentários:

Del Giorgio disse...

Não conhecia a Playboy com a Marge mas não me atrai, não vou procurar para sacar as fotos :D
Quanto à brasuca, igualmente mas prefiro a Marge. O que ela disse e fez, já o Jel fez muitas vez quando tem aquele papel de brasileiro. Ele está a brincar mas eles é que vão gozando com a gente. É muito bem feito para aqueles ursos que andam sempre atrás deles nos programas de merda (posso dizer merda? é que já disse) de Vips e afins.

gOti disse...

Isto agora é o novo hype, já deu a volta às internetes todas, até na Sic e Tvi deu xD
Mas pronto, confesso que fiquei com vontade de lhe dar umas bofetadas por ter gozado com o 3 invertido lol
"Para provar que estamos em Portugal.."

Del Giorgio disse...

O 3 invertido até é bem fraco para o site do Portugal no Seu Melhor mas se formos a fazer um Brasil no Seu Melhor, fica mais pesado que 2 Wikipedias!
Basta vermos o powerpoint da Miss Orkut :D

Rosa Cueca disse...

A Maitê tem uma voz que me irrita solenemente, especialmente quando ela de todo o alto do seu carinho tenta imitar o sotaque português.

Caso para dizer: cocó para ti -> Maîte Foder..

NuNo disse...

em bom português ... p*ta que a pariu!! que vá mandar emaios para a terra dela! Será que vão demorar muito a criar impostos sobre a estupidez e a ignorância???
"É falta de educação calar um idiota e crueldade deixá-lo prosseguir"
Benjamim Franklin

Rostro disse...

É que a gaja é tão burra que até sabendo que é actriz/figura pública, não se dá ao trabalho de ler o que quer que seja do país que lhe deu um idioma, e um conjunto de tradições do qual ela vive. Esse Brasil que vive de crime e ela tanto orgulho tem. Andor.

Raul disse...

Calma pessoal, Tive oportunidade de conhecer pessoalmente e até de a entrevistar para uma rádio já à uns anos. Esta fantástica actriz, é como toda a gente e quanto ao que ela disse já ouvi portugueses a dizerem pior do seu país do que de outros. Ela apenas constatou alguns factos e questionou algumas escolhas do tipo escolher o salazar como o melhor potuguês. Não vejo nada de mal nas suas declarações e se ela quiser ajuda para identificar mais situações eu cá estarei. Quanto ao cuspir na fonte até foi higiénico, bem melhor que alguns tugas que puxam a culatra atrás e sai verdete na calçada. Só quem não conhece a triste realidade deste país em decadência é que pode estar contra esta acção que me parece provocatória mas do tipo abram os olhos que nós estamos a ver a merda que vocês são.
Seja como fôr ela já pediu desculpa dizendo que está a faltar o humor às pessoas, eu acrescentaria o humor e a decência. FORÇA MAITÊ
http://dn.sapo.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=1389842&seccao=Media

Diana Melo disse...

Parece-me que o humor foi trocado pela rudez,indecência e até podridão.
Mas que bela actriz de renome e acarinhada pelo povinho português tem o descaramento de dizer o que disse, cuspir onde cuspiu e ainda por cima comentar suas belas atitudes num programa de tv??? Bora ver telenovelas na TVI =)

Ana, dona do café disse...

A partir do momento em que se é uma figura pública e se faz um vídeo para ser mostrado num programa de tv, se fala de história de Portugal sem saber puto do que se está para ali a dizer, logo aí já há um pequeno enterro, já que maitê deve ter amigos em Portugal ou, se estava a tentar ser uma cicerone, pedia a um guia a sério para a ajudar.

Raul, não é de todo perdoável gozar à descarada com o povo. Se começa com o exemplo do 3 invertido para mostrar que estamos em Portugal, chega a ser mais burra do que aparenta, pois nem deve conhecer o país de onde vem - senão calava-se. Se a questão do Salazar é mais do que discutível já por Portugueses - incrível como um ditador tenha desenvolvido também um país, uhh! - na boca de uma brasileira básica, torna-se equivalente a por o José Castelo Branco a falar de futebol.

Pedido de desculpas para quê?
Veio cá, saltitou, virou alien no Mosteiro dos Jerónimos, cuspiu numa fonte - parte em que se vê o que a droga provoca numa pessoa que já só por si mete dó,insinuou que somos burros mal chegou e que não temos um palminho de testa apesar do portuguesíssimo 'desenrascanço', entupiu-se com quatro pastéis de belém (da caganeira não se livrou), lavou roupinha suja para o programa, praticamente urinar-se ao rever o vídeo - a idade não perdoa...
Arrependimento, de quê, se maitê se divertiu tanto com os 'pórretuguêsish'?
Nada como ser ignorante, mostrar que o é, rir-se da própria figurinha e ainda dizer que nos falta sentido de humor, maitê, tens que vir viver para Portugal, só assim compreenderias o que é ter sentido de humor.

(Também acho piada a uns m2 de Lisboa e arredores serem apelidados logo de Portugal mas isso já é outra história, maitê nunca compreenderia...)

Raul disse...

Continuo a achar que não me parece falta de respeito. As coisas têm de ser vistas consoante o contexto. Se isto é falta de respeito então tudo o que temos visto nos gatos e outros programas de humor em portugal também o devem ser. Se o programa fosse sobre portugal, com analistas politicos e historiadores brasileiros, aí sim o caso mudaria de figura. Agora, tenham dó a Maitê não tem qualquer poder para mudar mentalidades ou por em causa seja o que fôr e no contexto de brincadeira faz todo o sentido. Também não concordo com algum humor que se faz em portugal e não ando a fazer petições para acabarem com este ou aquele programa. Lembram-se quando o Herman foi expulso da RTP? Lembram-se porquê? Na altura todos acharam um exagero e agora acham que é falta de educação? Eu ando é farto de gente estupida e medrosa que quando as coisas acontecem aos outros não são capaz de abrir a boca, quando lhes acontece a eles andam feitos coitadinhos a pedir ajuda. Este país precisa é de mais Maitês para ver se assim os tugas queridos abrem os olhos e vêm a sociedade que fazem e o país que mostram aos estrangeiros.

Vejam no meu blog o que penso sobre tudo isto.

Del Giorgio disse...

Como actriz não sei como é porque não vejo novelas mas como humorista é muito fraquinha. A mim aquilo não me insulta, quero lá saber o que ela está para ali a dizer mas daí até achar piada... Até o Jel tem mais piada ao fazer de brasileiro a gozar com os portugueses.

Ana, dona do café disse...

Deves ser o único a achar que a desculpa dela de ser piadinha tem algum nexo.

Não se trata de humor nenhum. A mulher foi parva, despropositada e insultou o povo português e a cultura portuguesa. Não fez o vídeo para ter piada, fez o vídeo para, supostamente, mostrar a sua visita a Portugal. Se a única coisa que conseguiu apurar e mostrar foi uma série de gaffes e pormenores medíocres de Portugal, não posso achar que tenha sido minimamente correcta.

Ninguém está a falar aqui de humoristas e sentido de humor, por isso acho que isso não é para aqui chamado, nem ligação vejo. Humor bem feito, para mim, é humor inteligente logo, não tem nada a ver com este vídeo, que nem humor, nem piada, nem inteligência demonstra.

Se pessoas como a Maitê promovem a imagem de Portugal lá fora com este, como lhe chamas, sentido de humor, tenho medo, muito medo do que se possa pensar lá fora do nosso país.

A Maitê pode não ser nenhuma expert, nenhuma historiadora, pode não ter uma relevância de pensamento que alguém da área da sociologia, antropologia, história e afins pode ter como pessoa credível e habilitada para opinar e ser levada a sério mas é uma figura pública e, quer queiras quer não, uma figura pública é líder de opinião e é mais notada e ouvida do que qualquer marmanjo anónimo, muito mais ainda se for num programa 'cor-de-rosa' que, calculo, que tenha uma bela audiência (bem mais do que qualquer programa com analistas ou historiadores brasileiros a falarem sobre Portugal).

NuNo disse...

As desculpas evitam-se principalmente as daqueles que cospem o prato onde comem! se quer fazer humor com coisas destas pode muito bem ficar onde mora e aí vai de certeza encontrar material de sobra! o grave, é que supostamente aquilo é um tour sobre Portugal (o resto deve ser paisagem) e resolve mostrar aquilo e gozar! tendo em conta que o programa vai ser visto por outro monte de ignorantes como ela que ainda fazem piadas a gozar com os "Antónios" e as mulheres portuguesas com bigode não me parece que seja de bom tom! Agora vão-me dizer que também fazemos piadas dos alentejanos, lisboetas, tripeiros e tudo o resto... claro que fazemos, mas são contextos diferentes! para eles o português é burro e ponto! eu só como sugestão para alguns deles sugiro a compra de um espelho...

Del Giorgio disse...

Não se metam com o Nuno...

Raul disse...

Num país onde o Salazar é o melhor Português de sempre, depreendo que seja por isso um exemplo a seguir. Diria mesmo que a Maitê nunca mais entra em Portugal. Muito nós gostamos de quem nos faz mal, desde que não seja brasileiro. Já agora o Pepe, e Liedson, e o Deco, deviam sair imediatamente da selecção, os golos incluidos e África do Sul adeus. O Sócrates é claramente o melhor primeiro ministro de sempre, assim dizem os Portugueses. Enfim é o país que temos, andamos sempre a dizer mal mas afinal nós gostamos é disso mesmo. Dizer mal de qualquer coisa, culpar seja quem fôr, desde que não seja de mim ou eu. Eu? Não isso foi coisa do manel e da maria, ou então da Maitê... è triste ver como em 3 minutos uma brasileira mete a sociedade portuguesa a dizer tão bem de um país que tanto adoram e que lhes paga 410€ por mês. Mas isto é um comentário não é um post por isso não vou gastar mais o meu latim sobre este assunto. Se quiserem façam também uma petição contra mim. Abreijos

Ana, dona do café disse...

raul, que confusão praí vai. ninguém está a dizer propriamente bem de Portugal como argumento contra a maitê. a única coisa q ela fez foi gozar com o que ela achou que é burrice de português.
ninguém ficou a amar mais portugal ou com uma injecção de patriotismo repentino como alegas, mt menos acho que os factores críticos de insucesso económicos, financeiros e sociais de portugal sejam para aqui chamados (até porque o brasil com isso punha-nos a um canto).
nng está aqui a falar do facto dela ser brasileira, se fosse a shakira a fazer isto, a macacada ia ser a mesma. n sei donde te ocorrem esses argumentos em que vai sempre tudo dar a gostarmos do nosso portugalzinho apesar deste ser uma merda. é que este portugalzinho pode ter muita coisa mal mas o bom que tem não é realçado, ou melhor, não é tão realçado como o mau...mas a maitê a promover portugal assim, acho que é uma fixe, o turismo de portugal com campanhas com o mourinho e a deixar escapar um talento inato como maitê...fail!
(e como não deves ter a versão cor-de-rosa da cena, a maitê andou enrolada com o miguel sousa tavares...a coisa acabou e, quando cá veio já ele andava com outra - na altura deste vídeo. como gaja pouco dotada que seja, nem me admirava que até se ria em dobro a falar mal daqui do sítio)
mas pronto, pá, o assunto já cheira mal mas raul...não assino petição nenhuma contra ti mas não concordo com patavina do que alegas como argumentos Lol

maitê, segue o que a deia te disse e pronto :D

Del Giorgio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Del Giorgio disse...

Ainda há quem não perceba que podemos gozar com nós mesmos mas não quer dizer que se aceite que sejamos gozados por uma badalhoca qualquer que acha que tem piada!
Quanto aos brasileiros na selecção, Raul, vieste mesmo pregar à freguesia certa. Iríamos ficar todos muito tristes se a selecção não fosse à África do Sul e se os 3 brasileiros não tivessem sido contratados pela FPF para jogar pelos portugueses. Tocaste-nos na ferida. Agora vai... Vai e não voltes a ser assim tão cruel que nós temos o coração fraco. PORTUGAL! PORTUGAL! SIMÃO!! SIMÃO!!

NuNo disse...

para acabar isto veio na revista "Sábado"
http://picasaweb.google.pt/lh/photo/U4N0nhNYucPF7iXlT5NnGw?feat=directlink

se calhar há mais gente que também não achou muita piada...
Quanto à selecção "nacional" até me tira o sono como o significado de nacional anda adulterado!
é fazer como no atletismo em que qualquer corredor pode mudar de nacionalidade conforme o vento e o que lhes pagam não sendo raros os que já correram por 3 países diferentes!