mais um motivo daqueles bons para me internarem..:p

Pensam que eu desapareci? ahah, nem pensar! :p
Ando por Gaia assim "a fazer que faço", já que o meu estágio foi adiado... Os amigos dizem "boa vida!" ou "mais férias? ó miúda, que sorte tu tens!", eu só encolho os ombros e digo "pois bem, não fazer nada não quer dizer que seja uma maravilha!"...Já nas férias, inventar coisas para fazer, apesar de não apetecer fazer nada, é sempre terrível. Chega a ser uma contradição mas a verdade é que, se ando cheia de trabalho em completo stress, passo-me completamente; se estou sem nada para fazer, chateio-me e quase que fico mais stressada do que se fizesse!

Serei eu a única pessoa a cansar-se imeeeeeeenso por não fazer nada, não pois não? :)

11 comentários:

hole in my vein disse...

pois não és.... eu entendo bem isso! não é preciso muito tempo para se entrar em desespero!

Andreia disse...

Qual cansaço...

Isso é tudo a saudadinha a sugar-te as forças, isso sim!

Eu já não me importava de voltar aos tempos da U, com aulinhas e tal e coiso, ou mais as "escapadelas" delas lol aiiii.

Beijo beijo

Ana, dona do café disse...

Ahah...acredita q saudadinhas tuas tenho muiiiiiiiiiiitas mesmo! sua doida do pinho e de salto alto! :)
beijo graaaande

Bubbles disse...

Percebo mesmo! *

Andreia disse...

Oh amori acreditai que o saltinho tem estado sempre comigo.
Aqui a concorrência levanta-se 2h antes de vir para o trabalho para esticar cabelo, maquilhar e escolher a roupinha...não posso vir para aqui como quem saiu da feira do Bairro e foi atropelada por tias em fúria loucas-por-aquela-malinha-quase-tommy.

A questão do pinho tem-se revelado amena, dado que passei a evitar essa bela casa-de-banho.

Estou agora no meu horário-entediada porque já-acabei-o-que-tinha-para-fazer-e-o-boss-ainda-não-veio-para-me-dar-a-greenlight.

Olhe, vou ali buscar um pão de deus à pastelaria e volto ohdespóise.

Muahs de amor e cariño.

Fábula disse...

não és a única, não fazer nada é mesmo uma chatice! :P

Serafim disse...

Suriro a esplanada "Rocky Point", na praia da Madalena, a Praia do Oourigo, no Porto ou o Lais de Guia em Matosinhos. Todos do mesmo estílo: um belo livro, uma bela bebida, uma bela tarde de sol, em frente ao mar.
Estiveste muito tempo em Coimbra que se calhar perdeste a noção de como o mar é essencial... e nunca farta!
Eu só queria ter mais tempo para o poder disfrutar.

Sofia disse...

Como te compreendo.
Sou exactamente assim. Ganho aquela rotina da faculdade e depois nas férias canso-me e xateio-me de não ter nada para fazer..... enfim, acabo sempre por arranjar 1001 coisas para fazer.... a passividade não é o meu forte..

Parabéns pelo magnífico site... adorei e vou continuar a passar para a cafezada do dia

beijinhos
Sofia

Ilka disse...

A mim acontece-me a mesma coisa!! Só estou bem onde eu não estou.. e não é que o Variações tinha muita razão?

Aproveita Gaia, se bem que Coimbra.. ai Coimbra tem aquele encanto :)

João C. Santos disse...

já passei por isso e realmente entendo o que queres dizer...

por muito mal que digamos do trabalho é sempre bom ter algo para fazer...

Boa semana

Moondevil disse...

Ora cá estou eu para mais um pingo directo, sff.

Pois é, estar sem fazer nada é mesmo seca. É por isso que por vezes quando estou em férias, já desejo estar de volta ao trabalho.

Felizemente isso passa-me depressa. :)

Bom regresso ao trabalho.