Poesia urbana ou questões existenciais críticas...


Sofro ataques de formigas..

Não percebo de onde vêm nem para onde vão...

Quem sou eu?

Que faço aqui?

Porque se passeiam sobre mim?

("és doce")... - serei? :)

10 comentários:

boleia disse...

eu diria que sim ;)

Jmn disse...

vejo que também tens problemas com bicheza...por cá também me apoquentam uns parentes afastados dessas tuas amigas...:P
Bjufas gaja***

cochiuato disse...

Sendo as formigas dotadas de uma inteligencia impar, deverá existir uma boa razão.

Paulo Sempre disse...

Tenho que ir!!!
Vou ler um poema com pessoas lá dentro num desassossego sem fim....
Abraço
Paulo

gOti! disse...

uma parte desse texto é copyrighted by gOti! :P

Ana, dona do café disse...

é verdade sim afilhado...peço desculpa pla omissão...

bjufas
pq raio anda td tao calado!?

Sandro disse...

és...

Natacha disse...

Parabens pelo teu blog...acolhedor...tranquilo...sereno!
Virei visitar-te mais vezes!

bjinhos

Rukinha disse...

a mim chateiam as moscas! livra!

Loira disse...

Entrei, sentei-me, pedi um café sem açúcar para não ser injusta com o seu verdadeiro paladar e fiquei cliente. Espero poder voltar.

Um beijo