menina


Ninguém me chama menina como me chamam no Porto. Menina no Porto sai de dentro com o peito cheio de ar mas, mesmo sendo uma palavra tão banal como pedra ou rio, no Porto menina soa-me compassado e com música própria.
...Me-ni-na...
No Porto as ruas são largas, são estreitas, são curtas e compridas, são a pique e são planas, são calçadas, são quelhos, são becos...
No Porto tropeça-se em monumentos e em pregões e vozes a ecoar pelas ruas. No Porto há muita gente, é uma afirmação estúpida, claro que há muita gente, há muita gente em todo o lado..mas no Porto "há mais gente realmente", há mais rebuliço, mais cor, mais vozes no ar, mais confusão.
"Menina, tem horas que me diga?" é uma frase cantada, uma interrogação aberta e vincada. O Douro deixa-me sem respiração, é demasiado bonito estar no cimo da ponte e observar aquela paisagem fantástica daquilo que parece um puzzle de 10 mil peças.
Ouve-se o bater dos corações pelas ruas do Porto. Há um pulsar próprio, um movimento frenético mas, ao mesmo tempo, um calma tão grande e um silêncio tão cortante. É este choque antagónico que me baralha no Porto. E o ar cheira a pães acabados de fazer. Pães não, moletes.
A menina sabe. A menina até nasceu no Porto. A menina sonha muito. A menina procura um coração que a aceite como menina (e é tão bom ser "a menina" de alguém).
A menina continua menina, sem ninguém que lhe chame menina. Tão perdida ...será sempre menina.

31 comentários:

Del Giorgio disse...

O Porto cheira a caralhadas, a taças e à merda dos cães e há muita pela rua fora. Mas o Porto é uma naçoummm, carago!! Faz brotar em mim a minha costela gay porque eu amo O Porto! :D

speechless disse...

no Porto tudo tem uma cor diferente.

homesick.alien disse...

é a minha nova casa...and i f*ckin' love it =D

Jmn disse...

epa, só consigo pensar num sotaque nortenho a dizer "ó meneina, tem horas carailho?"
Mas se calhar é só de mim...:P
Bjufas meninããã (ao bom estilo alentejano)

brun0.m@rkez disse...

já me começa a enjoar...mas pronto!
as coisas lindas k tem dificilmente hão-de morrer.

é pena k existam pra lá mts "broeiiiiirooooss do quaareiiiilho" =P

beijo

contadordehistorias disse...

Um beijo para a menina...

Marta disse...

o som de "menina" dito "à puorto" tem mesmo algo especial. Eu gosto. Acho que até sou meio apaixonada por esse som. :) Ou então é culpa de quem diz a palavra... Mas que tem um som doce, tem. :)

efvilha disse...

Olá!

Aqui voltei para mais um café de palavras.
Porto! Porto! Algum dia eu chegarei ao Porto. Porto... cheira-me a rizoma. Porto é de onde se parte, é aonde se chega. Se rizoma é, é cosmopolita, recebe e exporta o mundo, incerto que é ser cosmopolita. Daí, tanta gente, tanto cheiro; dentre os cheiros, há o cheiro do autêntico Porto?
Um dia provarei o café e o Porto do Porto. Até lá, visitas virtuais.
Cordial abraço.

kika disse...

é caso para se dizer : Biba ao Porto Carago :D
O Porto é Grande e sempre será =)
Beijoca minha anocas

Maria disse...

Puorto ! *

F4 disse...

É do sotaque :) E biba o nuorte carago!

Azulinha

Flor disse...

Adoro o Porto. Tudo tem uma pronúncia que me encanta, mesmo aquilo que não fala e que não se fala. Beijos, menina :)

Cátia disse...

Sim, ser menina eternamente... Era bom... =)

Quanto ao Porto... Apenas por lá passei uma vez, vi tudo muito depressa, não tive tempo para nada. E mesmo assim, apaixonei-me. Adorava ter nascido ali, naquela cidade tão mágica...

Beijinho*

Mariana disse...

mudei de ares.
passa por lá.

[*]

Joana Santos (STRITH) disse...

é por isso que eu AMO O PORTO.

Alba disse...

Por dentro desse cântico de amor ao Porto, vislumbro um desamparo algo impaciente... É lindo quando nos deixam explicitar o nosso lado de meninas!

Su disse...

Ainda estou a aprender a gostar do Porto, até há pouco não gostava. Mas, quem leu o teu texto já começa a gostar dele só pelas palavra "apaixonadas".

( :

Boua nôite menina.

Ana disse...

O sotaque tripeiro é tão giro!!! :)

Serafim disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Serafim disse...

Menina: gosto que gostes do Porto. Diz do teu bom gosto.
Um beijo

inês disse...

No "Puarto" o coração é soalheiro, sempre pronto a receber o estrangeiro. Chamam menina como quem com carinho procura que ninguém se sinta perdido nas ruas largas com a sua calçada portuguesa agora arrancada aos poucos com as eternas obras que fazem.
O Porto é de coração largo sempre pronto a receber mais alguém...:)

Adorei a nova fotografia, estás com um ar divino!

Enfim...dos posts que mais gostei por aqui, falas da minha cidade de uma forma pessoal e carinhosa...:)

Beijinho!

Moondevil disse...

Embora eu tenha deixado Aveiro para estudar em Lisboa, pergunto-me sempre como teria sido se tivesse antes ido para o Porto.

É uma cidade muito fixe, sempre que posso dou lá um salto.

hole in my vein disse...

Realmente estou maravilhado..... adorei ver isto sobre a "minha" cidade... :) parabéns menina...

mariannegreen disse...

Menina não é uma expressão nortenha nem tipicamente da invicta. É algo de cá, muito lusitano...Menina é aquele estado de solteira muito perto de estar casada, ou então é um trato especial oriundo de quem nos conhece há muito...Irei ser menina para todo sempre, pelo menos para as amigas da minha avó!!!
:)

Marianne

eco de mim disse...

ó me-ni-na, tds nós somos meninas/os sempre... e há spr alguém q aparece e nos aceita cm tal! ;)

Sandro Franco disse...

Tenho muitas saudades do Norte. Parte da minha família é do Peso da Régua, e costumava passar grandes temporadas. Talvez em Dezembro, porque já é tempo demais sem ali ir.
;)

miguel disse...

O Porto tal como está é uma sombra de si mesmo. É uma cidade bastante má até.

Só as coisas isoladas e pequeninas (as pessoas e seus sotaques; as francesinhas; a luz do Douro; o FCP...mais ou menos) é que ainda são genuinamente portuenses.

Espero que o Porto possa voltar a ser o Porto. Quem sabe um dia!?

Inês disse...

É verdade sim!
Tudo no Porto nos faz sentir em casa. É uma cidade com alma, que tem sempre coisas para nos ensinar e com pessoas maravilhosas que podiam ser sempre da nossa família.
É linda, por fora e por dentro :)
Gosto muito do teu blog. Parabéns

Clementine Tangerina disse...

Sim é verdade, no Porto as palavras parece que ganham forma e cor. O sotaque nortenho é lindo demais...e confesso que fico encantada quando ouço alguém dizer "Amo-te" é lindo de se ouvir!

Lipa Xana disse...

E tudo o que dizes (sobre o Porto) é realmente verdade. O melhor texto sobre o Porto que já vi. Adorei. Descreves tudo aquilo que sinto no Porto. Adoro viver mesmo juntinho a ele =))

Parabéns pelo texto =) E pelo blog gostei bastante da imagem do topo =)

{ http://simplesmentepalavras.blogs.sapo.pt }

O Muro disse...

Como sabes sou do Porto... E o Porto é td isso que disseste mais alguma coisa. O Porto é a luz que desce colina abaixo até ao rio, são os lampiões que ardem por entre casarios estreitos e sombrios, são gentes muito diferentes mas que em todas elas encontras o carinho da lenda de uma cidade que outrora foi Invicta, é a confusão de todos os dias, mas mesmo assim continuamos a dizer que é a melhor cidade do mundo. O Porto não é uma cidade. É um grande album de recordações, onde armazenamos fotografias mentais de excelentes momentos passados numa cidade à beira rio.
Desejo-te muitas felicidades... No Porto ;)