o último aceno ao senhor do adeus

 //Remember Me in Your Dreams
direcção: maria joão tomaz
produção: andré marques
estc © 2004//
Como João Manuel Serra contava, começou por acenar aos carros que passavam pela zona do Saldanha, em Lisboa, para enganar a solidão e acreditava que assim fazia as pessoas mais felizes, questionando-se, se até o não faria como uma espécie de missão.
Hoje foi o último aceno de adeus, ao senhor do adeus.
João Manuel Serra "O Senhor do Adeus", 1930 - 2010

2 comentários:

Ana disse...

Um ultimo aceno...

Muitas vezes lhe acenei, sempre lhe achei piada e sempre me intrigou... comentei com o meu marido inumeras vezes, mas já reparaste como ele está tão bem vestido, a relembrar um lorde inglês??!! Porque será que ele faz isto?
Eu fazia o pela piada... nada mais!
Intrigou-me, mas nunca me dei ao trabalho e assim, não sabia a sua história, as suas razões e/ou motivações...
Quando, ontem nas noticias,ouvi a sua história senti-me bem... bem por lhe ter acenado tantas vezes... mas simultaneamente, obriguei-me a reflectir, quantas, mas quantas vezes não me dou ao trabalho... e senti-me mal!

Campista selvagem disse...

Um dia faz já uns anos, vi o tipo acenar, mas como me desloco à capital muito poucas vezes não prestei a devida atenção.
no dia do seu ultimo aceno, ouvi na "prova oral de Fernando alvim" a su história e recordei a tal passagem uns anos antes.
resolvi procurar um pouco e cheguei até aqui, tal como a outros blogs, é sem duvida uma omenagem a quem fez algo de diferente e original.