...desliga tu

Saudades daquelas conversas telefónicas que terminavam com o diálogo:

- Desliga tu...vá...
- Não, tu desligas...
- Ó, não sejas assim...vá lá...
- 'Tá bem, 1..2..3..

(...silêncio...)

- Ó, não desligaste...
- Nem tu...
- Vá, tem que ser!
- Sim, vá..beijinho, até amanhã...vou desligar.
- Beijinhooooos...
- Dorme bem...beijinhos
- Tu também...Desliga...
- Tu primeiro...
- 'Tá, beijinhos.
- Xau, beijinhos..
- Xau xau...

(...silêncio...)

- 'Tás aí?
- :)

12 comentários:

Keops disse...

Não pude conter o sorriso! Já passei dos cinquenta e recordei-me neste jogo misto de sedução e paixoneta! Os métodos são sempre os mesmos!:)

msgd disse...

:)) é isso mesmo, Keops... tive a mesma sensação de deja vu, ehhe Passamos todos pelo memos, não é? O ser humano é mesmo castiço...

Andreia disse...

Comigo não há cá mariquices; é:

Oi.
Que Queres?!
Sim, já levei a cadela a cagar...
Huhum...
Pois é.
Até logo.

e desliga lol.

pronto okey, talvez seja mais...:

Hiii kikoh!!
Como tá o meu mor?!
Oh, muito trabalhinho?..Tadinho...eu logo trato de ti...prrrr.
Ok, até logo mor, missuuu
beijo beijooooo. nhé.


sim, é triste e doentio.
é o nosso mundo lol.


missu minha coisa louca :P

Rain disse...

Parece que ninguém se escapa a estas figuras não!... Bem lembrado :)

Ana, dona do café disse...

:)..é, deu-me saudades (deia, não inventes, é mesmo tudo terminado em inho e inha e com voz de miau acabado de acordar..:P!)
beijinhooooooooos

NickyBlue disse...

Todos padecemos do mesmo mal... Desejo... Saudade... Impaciência... Ansiedade... É assim mesmo... E ainda bem... É tão bom...

franksy! disse...

:D *

maria antunes disse...

Pois. :D

Agora acontece isso quando estão a falar pelo messenger, e depois mandam aqueles bonequinhos a dizer adeus, depois é um a mandar beijos...
- Então ainda não foste embora?
-Estava à espera que tu desligasses!
- :)
- :*
- Faz logoff.
- Vou ficar offline. :*
- Xau
- Skip
- Ariel
- Omo
- ...
Pronto e ficam assim quase que eternamente para se despedirem. Novas tecnologias é o que é.

sem-se-ver disse...

sorriso de orelha a orelha

(triste, porque cheio de saudades...)

Canephora disse...

Porreiro (não uso esta palavra à tanto tempo)...
mas é verdade... esse tipo de coisas que faziamos. Mas também... naquela altura, não haviam telemóveis, a conta era paga pelos pais, que gritavam todos os meses, por causa da despesa... e normalmente... era uma conversa tida com quem dorme hoje ao nosso lado.
Dificilmente a teriamos agora...
também tivemos este tipo de conversa com a nossa(o) melhor amiga(o)... mas hoje.
Nah... é tudo a toque de digito... só SMS.

Gustavo Vasconcelos disse...

|a voz| está de volta, agora em http://bolerodacidade.blogspot.com
Adicionei este blog à minha lista de links porque quero visitá-lo assiduamente.
Dê uma passagem pelo bolero da cidade. Espero que goste e volte sempre!
Abraço!

SoraiaSilva disse...

Gostei e..
Identifiquei-me com o post! :)
Beijinhos*