consultório amoroso: a minha relação com a matemática...saiba tudo!


Frequência de matemática, what a nightmare... (podendo-se dizer qualquer coisa assim: frequência de mat <=> negativa na certa)

Muito sinceramente acho que a frase do ecoponto se aplica a mim na vertente matemática [explica-me como se eu fosse uma criança de quatro anos] daí, tal consultório da Maria ou da Ana, resolvi escrever-vos em desespero:

Cada vez mais me convenço de que eu e a Matemática temos uma relação de antipatia e algum desprezo acumulado ao longos dos anos. Discutimos imenso, já chegámos mesmo a deixar de falar uma com a outra durante imenso tempo. Discordamos quase sempre em tudo e ela inferniza a minha vida. Já tive explicações e houve momentos em que me senti iluminada pelo condão matemático (e julguei-me um génio dos números) mas foi sol de pouca dura. Eu tento satisfazê-la, ela acha que nunca é demais..mas é sempre demasiado!
Hoje dei comigo a chorar em pranto e a dizer que a minha vida não andará para a frente se não conseguir superar toda esta situação (até porque o meu curso depende disso). Não vejo nada na Matemática que me motive para me dedicar a ela (ela não vai mesmo com a minha cara mas também admito que é recíproco) mas sei que, para me livrar dela, tenho que a compreender realmente e trabalhar nesta relação.
O que me aconselha a fazer?

24 comentários:

Andreia disse...

Cara Ana,

Deve procurar que o seu "p" esteja alinhado com aquele "q" especial.
Seja verdadeira e ele também, só assim terão uma boa conjunção.
Se enveredar por um caminho disjuntivo, saiba que em situação alguma poderá ser falsa para com o seu "q", assim como ele deve agir da mesma forma, ou nunca poderão ter uma amizade nem um amor.

Finalmente, procure uma relação de equivalência, onde você implique o outro e o outro implique a si.

Passar bem.

Ana, dona do café disse...

Aiiiiiii mais coisas de lógica não!!!!!! enough enough!!!

(mas sim, foi uma resposta brilhante menina deia, mas a menina deia sabe isso tudo ...eu não. quer que exemplifique a situação?

p: Eu sou burra a mat.
q: A Deia não é burra a mat.
r: Quem é burro a mat tira nega

sendo todas as proposições verdadeiras então temos:

p => r -> V NEGA!!! V
q => r -> F SORTE (ou Champa,será c x?!)

beijos sua doida! (so falta isto ter erros para voces confirmarem o grau anormal de burrice matemática da minha parte)

Andreia disse...

confessa tiveste meia hora para elaborar a resposta? lool
brincadeiraaaa a menina ana tb é esperta, depois quando sair a nota eu rio-me de si e de suas baboseiras! :P

Ana, dona do café disse...

rir da minha nota?...pois, não sei como...juro que não, mas olhe, negue essa proposição!
*

RatonClaws disse...

Pois... Essa com quem andas chateada agora já se divorciou de mim há muito tempo! Lamento.
Mesmo assim, boa sorte para a resolução desse problema matrimonial. Se não te desenrascares, nada que um crime passional não resolva!

Fica bem.

Obs.: Se precisares de ajuda para o crime, sabes onde me podes encontrar!

MrX disse...

A solução é muito simples... Oferece um café e um daqueles bolinhos de chocolate ali do canto ao teu prof e depois lança-lhe um daqueles teus olhares sensuais... É remédio santo! Se for uma prof, já é pior...

Já agora, um ice tea de manga aqui para a mesa ao pé da janela. Preciso de referscar as ideias para ver se compreendo alguma coisa aqui da Bioquímica...

MrX disse...

... fáxavor! (com tanto estudo até me esqueço de ser bem educado...)

Serafim disse...

Matemática é giro....

brun0.m@rkez disse...

isso é pra aí a transformada de Laplace pela definição, ou estou enganado?! =P

jokas

hole in my vein disse...

OH matemática... que coisa bela... ou não estaria eu aqui!!!!! A matemática tem sempre razão... é um acumular de verdades simples... Por isso não há razão aparente para ser tão ódiada... o problema é que para se entender temos que pensar e isso não é bem vindo! E tem uma vertente filosófica grande e também criativa... sim, nós puros temos que ser criativos!!!1

Rukinha disse...

pois é pois +é.. a matemática é akela base... boa sorte...

16por9 disse...

Matematica, Matematica... O dilema de todos, engenharias, letras ou medicinas... Todos se contorcem ao breve mencionar de numeros e contas complicadas, é sempre a mma coisa...

Bate leve, levemente, como quem chama por mim. Sera chuva, sera gente? Gente nao é certamente e chuva n bate assim. Curioso fui ver, olhei pelo buraco da porta e com quem é k me deparo? Com uma calculadora gigante que me disse "-Este ano sou eu a fazer-te a matematica!!!"

Portanto, doutora ana, espero que te aconteça o mesmo do que me aconteceu a mim.
Ah, e ja agora, qd é k vem o proximo cafe?!? ***

Jmn disse...

epaaaa.matemática não posso mesmo nada ajudar, lamento. Para mim a frase teria de ser mesmo alterada...explica-me como se eu fosse um velho senil e com parkinson com 98 anos....

organismo disse...

uma x comi uns biscoitos..

Andre Tenreiro disse...

Ah! Matemática Matemática, amada por uns e odiada por outros!

Confesso que fui um daqueles "burrinhos da Matemática", sempre fui bom na tabuadas mas não nas equações. Depois de anos de explicações, um dia um explicador (Paulo Gomes), consegui orientar um rumo e tirei a terceira melhor nota da escola no exame (11.0 -> LoL).

Hoje no meu curso de engenharia, curiosamente as minhas notas mais altas são a Matemática.

Acho que ja falei demais para os meus habitos, mas quando nos sentimos deprimidos por algo ou alguem... lembre-se sempre:

Até um chuto no rabo nos empurra pra frente!

Eu penso assim, e assim vou aprendendo a viver.

Cátia disse...

A Matemática é um bichinho complicado! Mas tem calma, respia fundo e ataca essas fórmulas... Vais ver que tudo acaba por se resolver! ;)
Beijinho*

Ares disse...

Onde deixo o café?
Hoje o bloco sou eu...
Trago comigo Pessoa... espero que gostes...
A caneta espero q tenhas:))


Kiss on the God

Su disse...

Revejo-me nessa tua antipatia pela matemática! :|

E é desesperante!

Beijinho & boa semana!

[Espero que esteja tudo bem!]

Moondevil disse...

Sempre tive uma boa relação com a matemática. É verdade que por vezes discutimos e trocámos algumas frases não muito simpáticas. Especialmente quando ela me quis apresentar a sua amiga Probabilidades.

Mas no fim tudo se resolveu e mantemos uma boa relação.

Força que tudo se há-de resolver.

Pedro Ventura disse...

Eu sempre sofri dessa maleita. Sempre me questionei da importância dos numeros na minha vida quando são as palavras que enchem a mente.

Abraços

http://massinhadeletras.blogspot.com

cinnamon girl disse...

Toca a ouvir música...a única que olha a matemática de cima!

RitaMachado disse...

Dessa imagem entendo que está ai um integral..que temos que achar o F(x) tal que F'(x)=f(x)... hehe..tenho exame dia 6 e falta-me estudar essa parte.. Boas sorte com essa matémtica!

Miss I disse...

Estou chocada.. essas revistas têm site?!...

Matemática? Hum.. pois, acho que me estão a chamar na cozinha!!

JAP disse...

A figura do post apresenta a definição formal de Transformada de Laplace. Foi inventada para resolver equações diferenciais complicadas (permite converter equações com operadores difíceis para equações algébricas). Na prática é usada para transferir funções no domínio do tempo para o domínio da frequência. Na área do controlo permite obter a função de transferência de um sistema linear.
Bom ano de 2007.