Pedro Paixão

Estive a reler os primeiros posts e comentários ao blog e encontrei uma passagem de Pedro Paixão que o Del Giorgio mencionou e achei incrivelmente bom estar a saborear estas palavras outra vez.
Decidi deixar aqui ficar essa citação e acrescentar mais três...porque, para mim a sua escrita sabe dizer bem o que o coração sente...

"Queres saber quem eu sou? Eu sou o que te olha e espia para te recolher e depois guardar num lugar que é só meu. Para isso serve o papel. O resto não precisas de saber. Nem convém. Só te ia distrair, podes crer. Eu sou o que mergulha as mãos na tua vida para sentir a minha a voltar."
in "muito, meu amor"

"Há dia, sabes, em que gostava de ser como o gato e que me tocasses sem desejar encontrar quaisquer sentimentos a não ser o que se exprime num espreguiçar muito lento - um vago agradecimento? - e que depois me deixasses deitado no sofá sem que nada pudesses levar da minha alma, pois nem saberias o que dela roubar."
"Assinar a pele", conto

"Mas gostava que soubesses que já gosto muito de ti, embora ainda não tenha tido tempo de saber o que é isso de gostar muito de ti. Não faz mal, logo se vê. Não, o que me assusta mesmo muito, quase terror por vezes, é depois não poder voltar atrás, tão simplesmente como quem põe uma fita de cinema a rebobinar. Quero dizer, depois de começar a gostar de ti como gosto, já não consigo desfazer isso que se fez, sei lá o quê, o que tu quiseres, isso tudo, o que nos traz juntos até aqui, se tu quiseres."
"muito, meu amor"

Escrever pode ser uma óptima desculpa para quem na vida não tem qualquer esperança. É uma maneira de preencher uma sombra e há momentos em que um beijo escrito vale por muitos.É sempre a vida, é claro, mas com a distância limpíssima das palavras. E tudo sofre de uma insuficiência que a arte tenta reparar, e falha.Eu espero que a esperança um dia venha e tudo isto não seja mais do que um exercício de gramática
"Nos teus braços morreríamos"

12 comentários:

Andreia disse...

Adorei a última citação...diz muito daquilo que tenho sentido (e sim, do muito medo de não poder voltar atrás). Está mesmo "puuurrrrrfect".
A primeira é uma autêntica declaração de amor, acho que qualquer pessoa gostaria de ver essas palavras a ela dedicadas :).
Por fim, a segunda hummm eu sou assim. Sinto-me uma gata que quando o dono sai para o trabalho deambula pela casa e entre uma soneca e um espreguiçar de alma só consegue pedir para não lhe roubarem nada do "seu mundo", da sua alma, do seu sentir. O que se quiser dar, dá-se...não é preciso arrancar, ou pedir...

[Andamos saudosistas ein amora?... Às vezes sabe bem recordar...não só as palavras, como as pessoas importantes e, mais, porque é que se tornaram importants para nós *]

Lana disse...

um livro a comprar..

Papá Urso disse...

só agora descobri este café... ao virar da esquina e com pessoas tão bonitas!

é um café pra mesa do canto oh fazfavor!

põe no prego que eu passo cá mais vezes.

:)

Wakewinha disse...

Já tinha estdo com algum livro dele na mão, numa qualquer prateleira de supermercado, mas com estas palavras fiquei convencida.

Tal como a Gata, identifiqei-me muito com a analogia do gato. Eu sou assim. Eu tenho sido assim, e porque quem toca não encontra os sentimentos desejados, muitos têm saído porta fora.

Se fosse um animal seria abandonado... =(

Entratento continuo à tua espera por onde tu quiseres aparecer: no •▪•●Brainstorming●•▪•, no Voz Oblíqua ou na Blogosfera pra dares um voto extra à tua amiga Wakewinha.

(Já espreitaste as minhas campanhas? LOL Que tal achas?)

Beijinho.
*R.

Del Giorgio disse...

já li esses livros todos do PP (pedro paixão, entenda-se e de forma alguma confundir com aquelas "coisas" partidárias).
falta-me ler o + recente dele (também com 1 título smp sugestivo): "quase que gosto da vida que tenho".
enfim... eu penso e ele escreve.

chavininha disse...

Sabe sempre bem, ler as palavras antigas que ja fizerem tanto sentido na nossa vida... e asbe ainda melhor quando não estamos à espera... beijokas e bom café ;)

Ana, dona do café disse...

Gata : minha gatinha -com uns lábios na foto, tão sexy! - como somos "silamesas" eu sabia que ias gostar :)

lana:vários livros a comprar, sempre com palavras directamente para o coração...

Papá Urso: muito obrigada pela visita...e o cafézinho está pronto a sair! :)

Rakel: força com as votações, minha pequena-grande-menina :) se quiseres dps empresto-te "o cala a minha boca com a tua", o único que tenho mesmo meu, e o del giorgio empresta-te os outros (olha eu a falar por ele, como isto já vai... lol) * (qd quiseres café por aveiro..call on meee, call me lol :p)

Del Giorgio: palavras para ti para quê? com um olhar meu sabes tudo o que quero expressar... *

chavininha : claro que sabe..voltar a abrir as gavetas e reler coisas boas... :)

Beijinhos

Carlos Barros disse...

AI ANDA POR AQUI QUALQUER COISA ESTRANHA, AI ANDA, ANDA UMMMMMH E NG ME DIZ NADA

Anónimo disse...

Carlos Barros, então então? é o café aquele dos presentinhos de cabra... desde que o mandei vir para lho servir anda mt exaltado! ai ai ai! :P
bjs
, dona do café

ps- o blogger anda doido...pronto

Flor disse...

Que selecções lindíssimas, Ana. Só tenho o 'Muito, meu amor', mas ando desejosa de ler mais coisas dele. Beijo :)

pink poison disse...

Identifico-me contigo. Todo aquilo que eu considero o meu livro, está no meu blog, é inspirado nesse grande senhor. Volto cá, com certeza, um beijo!!!

陳珊妮sammi disse...

cool!very creative!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色