A pedido da minha amiga Sara, aqui ficam "palavras aos tiros", como ela lhes resolveu chamar, escritas por ela e dedicadas ao homem que um dia vai ser dela... (love is in the air...?)

"se existo logo penso;
se penso logo me expresso;
se não me deixam expressar o que penso,
então não vivo.
Se não vivo sou um nada.

Quero amar-te e ser amada mas quero ser eu quem manda;
Quero estar no topo e liderar o amor.
Se eu liderar eu não te amo,
Se me conseguires aprisionar entao sou tua.

Quando amo... amo.
Se não amo, não consigo amar.
Pensas que sou fria? Sou!

A minha boca é uma muralha revestida a metal...
Os meus olhos sao manteiga.

Não gosto de perder quando tu decides que tenho de perder
É o sucumbir da dor.
Mas eu gosto de perder quando sou eu que tenho de decidir se perco ou não.

Triste quando nos metem num colete de forças e não sabes o que os outros pensam.
Quero que saibas que se existires eu quero ser tua!"
Sara Santos


5 comentários:

Sara disse...

l0ol.. tá giro até. Entao os teu comentarios já me fazem rir deste lado... parece k te estou a ouvir dizer isso! Bem Obrigada pela Atenção em colocares no teu blog as minhas "palavras aos tiros" :)

Del Giorgio disse...

Não sei porquê mas só consigo dizer:
"i guess you turn me on... when you're gone..."

Luomo - Tessio

Sara disse...

Penso k esse post n é relativo as "minhas palavras ao tiros"...

Ana, dona do café disse...

n eh post, eh comentário...e qd eh comentario eh ao tema ou ao contexto do que o post diz.nao eh por ser teu LOL

va va,nao amua, naoo amua... sua..sua... cowboia LOL
Beijo

Sara disse...

pronto desculpa... :s